Contagem de ciclistas e ciclovia na Eliseu de Almeida


No dia 13 de agosto, uma sexta-feira, a Ciclocidade realizou a primeira contagem de ciclistas de São Paulo. O local escolhido foi a Avenida Eliseu de Almeida, na região do Butantã, que há mais de quatro anos tem um projeto de ciclovia, cujo cronograma de obras – com início em 2007 e entrega em 2010 – já foi extrapolado.

Esta primeira contagem foi feita seguindo um método fotográfico elaborado pela Associação Transporte Ativo e utilizado em diversas contagens no Rio de Janeiro e, mais recentemente, em Belo Horizonte (em parceria com a associação Mountain Bike BH).

Durante as 14 horas em que os voluntários se revezaram no local da contagem, das 6h00 às 20h00, foi registrada a passagem de 561 ciclistas. O relatório completo poderá ser visualizado ou baixado em formato PDF através deste link.

Em seguida à contagem, a Ciclocidade solicitou uma reunião com o subprefeito do Butantã, Regis Gehlen de Oliveira. O encontro aconteceu na última sexta-feira (03/09), e estiveram presentes, além do Subprefeito e três funcionários da Sub, dois diretores de nossa Associação, Leandro Valverdes e Matias Mickenhagen, Renata Falzoni (jornalista), André Pasqualini (diretor do Instituto CicloBR) e Ricardo Corrêa (arquiteto da TC Urbes, escritório de planejamento urbano parceiro da Ciclocidade) .

A partir desta reunião, compreendemos que um eventual início das obras da ciclovia no canteiro central da Eliseu não ocorrerá antes do final de 2011, com o término da canalização do córrego Pirajussara - no projeto original, a ciclovia estaria localizada sobre a laje do córrego.

Considerando esta situação e também a informação de que a avenida necessita de reparos estruturais mais profundos, a Ciclocidade sugeriu a possibilidade de uma nova proposta cicloviária, com a infraestrutura para bicicletas projetada junto à calçada. Isso permitiria maior integração do ciclista com os estabelcimentos locais (comércio, serviços e equipamentos públicos), facilitando ainda o acesso às ruas transversais e aos bairros por onde vai passar a ciclovia. 

Mais informações sobre a Eliseu de Almeida podem ser encontradas em nosso fórum, nos tópicos Contagem de Ciclistas e Ciclovia da Eliseu. A Ciclocidade continuará acompanhando o assunto e convida seus associados a participar da discussão sobre a melhor forma de construção de uma ciclovia na avenida Eliseu de Almeida.

[Relatório da Contagem de Ciclistas da Avenida Eliseu de Almeida - formato PDF]