Relatório de Contagem de Ciclistas - Av. Paulista 2015 (junho)

Paulista2015 Capa

Avenida Paulista
Sexta-feira, 26 de junho de 2015
Das 6h às 20h

Clique para baixar o Relatório de Contagem em PDF.
Clique para baixar a Planilha com os Dados Brutos em XLSX.
Clique para baixar o comparativo entre 2010, 2012 e 2015.

 

INTRODUÇÃO

A contagem de 2015 é a terceira a ser realizada na Avenida Paulista, cenário de inúmeros acidentes com ciclistas e um dos lugares mais emblemáticos da cidade. O levantamento foi feito na sexta-feira do dia 26 de junho, dois dias antes da inauguração da tão esperada ciclovia no canteiro central.

Em números brutos, o aumento de ciclistas nos últimos anos soa expressivo, oscilando entre 33% e 40% se considerarmos os dados de 2010 e 2012, respectivamente. Isso mesmo em um dia frio da capital paulista. Porém, como os tapumes que isolavam a obra haviam sido retirados alguns dias antes da contagem, parte do aumento registrado já reflete o uso parcial da ciclovia.

A importância de fazer um novo levantamento neste momento é produzir dados recentes que sirvam para comparação futura e possibilitem avaliar melhor a influência da implantação da ciclovia. No caso da Av. Eliseu de Almeida, por exemplo, a implantação parcial da uma infraestrutura cicloviária respondeu por um aumento de 53% no fluxo de ciclistas entre 2012 e 2014 e finalmente por um novo aumento de 40% entre 2014 e 2015, quando já estava em pleno uso.

O método utilizado para a contagem foi desenvolvido pela Associação Transporte Ativo, do Rio de Janeiro (www.transporteativo.org.br). Trata-se de uma planilha com um desenho esquemático do local, com espaços a serem preenchidos com a origem e o destino do ciclista, além de informações complementares como acessórios, faixa etária, gênero, tipo de bicicleta etc.

 

LOCAL DA CONTAGEM

Avenida Paulista, cruzamento com Avenida Brigadeiro Luís Antônio.

Paulista2015 Mapa1

Paulista2015 Mapa2

 

RESULTADOS

NÚMERO TOTAL DE CICLISTAS: 977
Média de ciclistas por hora: 69,79
Média de ciclistas por minuto: 1,16

Número de ciclistas que passaram pelo cruzamento no período de 14 horas

Paulista2015 FluxoCiclistasPorHora

Paulista2015 FluxoCiclistasPorTurno

Horários mais intensos de fluxo de ciclistas:
Período da manhã: de 8h às 10h, totalizando 154 ciclistas
Período da noite: de 18h às 20h, totalizando 195 ciclistas

 

COMPARATIVOS FLUXO E MÉDIA DE CICLISTAS
2010, 2012 E 2015

Comparativo Paulista 2010 2012 2015 FluxoCiclistasPorHora

Observação para a interpretação dos gráficos:
A contagem de junho de 2015 já começa a medir a influência parcial da ciclofaixa que,
embora ainda não inaugurada, estava com os tapumes de proteção recém retirados,
permitindo o acesso de ciclistas a parte da estrutura.

 

GRÁFICOS - ORIGENS E DESTINOS

Paulista2015 FolhaContagemResultado

Ilustração com o total de origens e destinos dos ciclistas.

 

Paulista2015 OrigemDestino

 

GRÁFICOS - GÊNERO E FAIXA ETÁRIA

Paulista2015 Genero FaixaEtaria

Paulista2015 Genero FaixaEtaria Foto1

A porcentagem de ciclistas mulheres na Av. Paulista (8%) parece típica do momento de início de implantação de uma ciclovia. Ela é similar à da terceira contagem da Eliseu de Almeida (7%), realizada em uma situação semelhante, e já registra um aumento frente às contagens anteriores: em 2010 e 2012, havia entre 4% e 5% de mulheres, respectivamente.

 

COMPARATIVOS GÊNERO - 2010, 2012 E 2015

Comparativo Paulista 2010 2012 2015 Genero

 

COMPARATIVOS CRIANÇAS / ADOLESCENTES
2010, 2012 E 2015

Comparativo Paulista 2010 2012 2015 FaixaEtaria

Embora a porcentagem de crianças e adolescentes ainda pareça baixa (3%), há um aumento expressivo de 200% se levarmos em conta os dados dos anos anteriores. Na verdade, a proporção de 3% de crianças/adolescentes tende a ser incomum em vias centrais com tráfego tão intenso de veículos - nas últimas contagens na Rua Vergueiro (2014), Av. Faria Lima (2015) e Ponta de Cidade Universitária (2015), ela ficou em 0%. Os únicos casos em que as contagens registraram esse nível são os da Eliseu de Almeida (2015) já com a ciclovia plenamente implantada (3%); em Heliópolis (2015), em que o local de contagem era ao lado de uma escola (7%); e na Inajar de Souza (2014) (5%).

 

GRÁFICOS - TIPOS DE BICICLETA

Paulista2015 TiposDeBicicleta

Paulista2015 TiposDeBicicleta Foto1

No histórico de contagens, as bicicletas de serviço (cargueiras, triciclos etc) sempre registram uma alta participação na Paulista, oscilando entre 12% a 16%. O levantamento de 2015, entretanto, passa a colher dados relativos ao uso de bicicletas elétricas, Bike Sampa e de skates, o que não aconteceu nos anteriores, realizados por método fotográfico.

 

COMPARATIVOS TIPOS DE BICICLETA
2010, 2012 E 2015

Comparativo Paulista 2010 2012 2015 TiposDeBicicletas

 

GRÁFICOS - MODO DE DESLOCAMENTO

Paulista2015 ModoDeDeslocamento

Paulista2015 ModoDeDeslocamento Foto2

A ciclovia estar apenas parcialmente acessível significava ter de entrar e sair dela em vários trechos, evitando os tapumes. Ainda assim, a opção por usá-la, em detrimento de andar na via com os carros ou na calçada, aparece de forma significativa: 74% das pessoas já preferiam a ciclovia.

Paulista2015 ModoDeDeslocamento Foto1

O comparativo com os anos anteriores também já mostra em números quedas significativas de ciclistas na contramão (de 20% a 16% a 4% em 2010, 2012 e 2015) e de ciclistas na calçada (de 27% a 18% a 11% nos mesmos anos).

 

COMPARATIVOS MODO DE DESLOCAMENTO
2010, 2012 E 2015

Comparativo Paulista 2010 2012 2015 ModoDeDeslocamento1

Comparativo Paulista 2010 2012 2015 ModoDeDeslocamento2

 

GRÁFICOS - DADOS COMPLEMENTARES

Paulista2015 DadosComplementares

Paulista2015 DadosComplementares Foto

Curiosamente, a taxa de uso de capacete tem aumentado com o número de ciclistas. Em 2010, ela era de 23%, subindo para 33% em 2012 e finalmente aumentando ainda mais para 40% em 2015.

 

Realização
CICLOCIDADE - Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo
www.ciclocidade.org.br
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Coordenadora geral: Tais Balieiro
Coordenadores locais: Rachel Schein / Fabio Miyata

Colaboradores voluntários:
Carlos Crow
Hamilton Takeda
Natalia Forcat
Renato Botelho
Renata Winkler
Isabela Reno
João Lacerda
Daniel Guth
Juliana Maggi Lima
Natan Rodeguero

Esta contagem foi feita de acordo com metodologia desenvolvida pela
Associação Transporte Ativo
www.ta.org.br

Logo TransporteAtivo

 

Paulista2015 Equipe1

Paulista2015 Equipe2