• Resultado do Edital para a contratação de prestadora de serviços de comunicação para a Ciclocidade

    A Ciclocidade - Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo vem a público para informar o resultado do Edital para a contratação de prestadora de serviços de comunicação, publicado no dia 31 de agosto de 2021 neste link e cujos resultados relativos à primeira fase haviam sido publicados no dia 27 de setembro de 2021 neste link.

    Queremos dar os parabéns à prestadora de serviços selecionada, a Agência Kiwi, representada por Gabriel Bonamichi.

    Durante o processo de seleção, ficou muito claro o esforço de diversas e diversos representantes em pesquisar, analisar e propor soluções para a comunicação da associação. Houve propostas realmente muito boas, das quais algumas se destacaram. A Ciclocidade agradece profundamente este empenho e queremos que nosso trabalho reflita, cada vez mais, todos os anseios que nos foram passados pelos textos enviados na primeira etapa e pelas entrevistas, na segunda.

    Para chegar a uma decisão, o comitê de seleção, composto por Jo Pereira (diretora geral), Yuri Vasquez (ex-diretor administrativo e coordenador de projetos) e Flavio Soares (coordenador de projetos), avaliou a adequação das propostas ao edital, o preparo para o momento de entrevista e a visão para a organização que as proponentes trouxeram ao longo das duas etapas. Também contou, conforme previsto em edital, o plano de desenvolvimento trazido pelas proponentes com relação a como gostariam de se aprofundar nos temas da mobilidade ativa e da mobilidade urbana.

    Aproveitamos este momento para agradecer de coração, uma vez mais, a todas e todos que participaram do edital de seleção.

  • Chegamos ao Supremo, mas a mobilidade ativa perdeu

    MarginalSegura

    Encerramos o ‘mês da mobilidade’ recebendo a triste notícia de que a Ação Civil Pública (STF: RE 1331777/SP) movida pela Ciclocidade em 2017 - no contexto do aumento das velocidades das Marginais Pinheiros e Tietê, proposta pelo então prefeito João Dória, seu vice Bruno Covas (em memória) e assinada pelo então secretário de mobilidade e transportes, Sérgio Avelleda - foi julgada e rejeitada pelo Supremo Tribunal Federal.

    Depois desses longos anos com diversos recursos e agravos internos em todas as instâncias possíveis, caminhos sugeridos pelo escritório DBML Advogados que representou a Associação no processo, infelizmente perdemos mais uma batalha na tentativa de criar precedentes que pudessem reconhecer que políticas de estímulo às altas velocidades nas ruas e avenidas das cidades são políticas de morte e que fogem à discricionariedade do agente público! Todos sabemos, com base na ciência, nas experiências internacionais, dados e evidências concretas que quanto maiores as velocidades, maiores as chances de letalidade. “Acidentes” (ou sinistros) de trânsito estão hoje entre as principais causas de mortes no Brasil, principalmente de crianças e jovens, ocupando a maior parte dos leitos de UTI no SUS. É uma chacina silenciosa, pois se é recorrente, não é acidente.

    “Percorremos com a Ciclocidade um inglório, mas resiliente e, em parte, vencedor caminho. Vencedor porque pautamos a importância da segurança viária, da verdade estatística sobre deslocamentos a pé nas marginais. Contamos aos interessados que são milhares de pedestres nas Marginais (na época, quase 20 mil por dia em apenas um trecho da Marginal Pinheiros). Pessoas que foram colocadas ali por decisão do Poder Público que escolheu criar pontos de ônibus no meio da Marginal, que colocou estações de trem, escolas, aparelhos públicos, mas que não garante as condições de deslocamento para a mobilidade ativa”, afirmou Juliana Maggi, sócia do DBML Advogados.

    “Pedestres e ciclistas circulam nas Marginais Pinheiros e Tietê, isso é fato. E, por isso, as rodovias urbanas são uma aberração social, uma cicatriz, espaços que precisam de requalificação, não só para garantir a segurança viária de todas as pessoas, mas para que o modelo de cidade baseado no automóvel seja revisto com urgência, inclusive porque ao falarmos das Marginais precisamos nos esforçar para lembrar que ali existem rios urbanos importantes, que no contexto das crises ambientais, climáticas e hídricas deverão ser também reconquistados pela sociedade que os relegou a esgotos a céu aberto. Esse modelo de vida centralizado no privilégio ao carro está, em todos os aspectos, fadado ao fracasso”, declarou Aline Cavalcante da Ciclocidade.

    Por fim, nós da Ciclocidade lamentamos profundamente a decisão do STF e mesmo tendo que arcar com a multa do processo, não vamos desistir - continuamos trabalhando com base na vida e na ciência. Neste momento a Ciclocidade está, junto com a UCB, tentando incidir na redução de velocidades em vias urbanas e na regulamentação da fiscalização por velocidades médias com alteração no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Seguimos firmes em luto e em luta por todas as vítimas do violento trânsito brasileiro que mata e mutila vidas todos os dias. Junte-se a nós!

    Agradecimentos:

    DBML Advogados
    Cidadeapé
    Instituto dos Arquitetos do Brasil - SP
    União dos Ciclistas do Brasil - UCB
    Rede Nossa São Paulo
    Corrida Amiga
    Aromeiazero
    Cidade Ativa
    IDEC

    ...e a todos que apoiaram e mantêm vivas as esperanças de um futuro sustentável para nossas cidades.

    #MarinaPresente

  • Edital para a contratação de prestadora de serviços de comunicação para a Ciclocidade - Resultados da primeira fase

    Conforme edital publicado em 31 de Agosto de 2021, a Ciclocidade - Associação de Ciclistas Urbanos de São Paulo busca contratar uma empresa ou MEI para prestar serviços de comunicação institucional da organização.

    A Ciclocidade gostaria de agradecer a todas e todos que se inscreveram no edital e, após analisar os currículos e textos enviados, informa que estão selecionadas para a fase de entrevistas as seguintes candidaturas, abaixo listadas em ordem alfabética pelo nome de suas/seus representantes:

    • Gabriel Bonamichi (Agência Kiwi)
    • Jefferson Rodrigues
    • Letícia Nakano
    • Luciana Souza
    • Mariana Dante Landshoff
    • Toni Cavalcante

    Conforme o cronograma publicado, as entrevistas ocorrerão já nesta semana, entre os dias 27 de setembro e 1º de outubro de 2021. Caso a/o representante da prestadora de serviço não tenha recebido o email de agendamento para a entrevista, deve entrar em contato o mais rápido possível pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

    O resultado final será divulgado no dia 4 de outubro de 2021 (segunda-feira) no site da organização (https://www.ciclocidade.org.br/noticias).

    Quaisquer dúvidas referentes ao edital devem ser enviadas para o email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

     

  • Ciclocidade terá Reunião Geral de Associadas e Associados esta quarta-feira, 1/9

    reuniao geral de associados 202109

     

    Amanhã, dia 1 de setembro de 2021, às 19h30 a Ciclocidade terá uma Reunião Geral de Associadas e Associados. Nas pautas, estão os momentos que os projetos e ações institucionais estão, bem como as perspectivas da associação para esse segundo semestre.

     

    Pautas da Reunião Geral

    1. Estrutura da Ciclocidade e Participação Efetiva;
    2. Canais de diálogo com associados e com a sociedade;
    3. Projetos e Parceiros 2021: em que pé estamos;
    4. Ações e avanços institucionais 2021: o que fizemos;
    5. Perspectivas: Assembleia Geral em Dezembro 2021.

     

    A participação de todas e todos é muito importante e bem-vinda. Venha somar com a gente!

     

    Serviço

    Reunião Geral de Associadas e Associados

    Quarta-feira, dia 1º de setembro de 2021, às 19h30

    No endereço online https://meet.google.com/yqn-ozux-ven

  • Edital para a contratação de prestadora de serviços de comunicação para a Ciclocidade

     

    A Ciclocidade - Associação de Ciclistas Urbanos de São Paulo - busca contratar uma empresa ou MEI para prestar serviços de comunicação institucional da organização.

     

    Sobre as expectativas da associação

    Estamos em busca de uma prestadora de serviços que esteja interessada em se desenvolver profissionalmente na área de mobilidade urbana, com ênfase em mobilidade ativa. Não é esperado que ela seja profissional da área ou tenha grande experiência. Ao contrário, espera-se que a relação de parceria estimule o desenvolvimento de ambas as partes.

     

    As candidatas ao edital devem ter

    • Excelente escrita e capacidade de comunicação, a serem comprovadas nas etapas de seleção e entrevista;
    • Conhecimento sobre a atuação da associação. Espera-se que a candidata tenha estudado o que a Ciclocidade tem feito nos últimos anos e tenha uma visão não apenas de como atuamos, mas de como poderemos atuar no futuro;
    • Um plano simplificado de como a empresa candidata gostaria de se desenvolver profissionalmente para compreender melhor as pautas relacionadas à mobilidade urbana. Não é preciso fazer este plano na primeira etapa de seleção, mas será solicitado que a empresa o apresente caso passe para a etapa de entrevista.

     

    Funções e responsabilidades

    • Manter atualizados os canais de comunicação da organização, em especial site e mídias sociais, com relação às atividades da organização (projetos, grupos de trabalho, frente importantes de incidência, chamadas para colaborações etc);
    • Trabalhar conjuntamente com as coordenações de projeto e/ou grupos de trabalho de forma a estabelecer uma agenda e plano de comunicação para as atividades de cada uma dessas frentes;
    • Montar e enviar mensalmente uma newsletter de atualização sobre as atividades da organização, e anualmente uma newsletter de retrospectiva com os principais destaques do ano;
    • Executar as tarefas necessárias para que as demais atividades de comunicação sejam facilitadas – por exemplo, atualizar mailing quando preciso, manter as pastas do Google Drive relativas à comunicação e do site organizadas e estabelecer um fluxo de trabalho para suprir as demandas conforme surgirem;
    • Entrar em contato com a imprensa para comunicar pautas importantes para a associação.

     

    Etapas de seleção

    A seleção se dará em duas etapas.

    • A primeira constitui no envio de um breve currículo da(s) pessoa(s) representante(s) da empresa e de um texto escrito. O formato do CV é livre. O texto escrito, de até 750 palavras, deve trazer a motivação de trabalhar com a gente, uma visão sobre a forma como a Ciclocidade tem atuado e como você avalia que poderemos atuar no futuro. Nossa avaliação será principalmente sobre a escrita apresentada e sobre a capacidade de comunicação. Deve estar claro no texto que houve uma pesquisa sobre como a associação atua. Vale o lembrete de que a Ciclocidade tem como missão atuar em políticas públicas;
    • As empresas selecionadas passarão para a segunda etapa, de entrevista online, a ser realizada com a(s) pessoa(s) representante(s) da empresa. Nesta etapa, a conversa será sobre as capacidades profissionais, as visões apresentadas no texto e sobre como a empresa planeja se desenvolver profissionalmente na área de mobilidade urbana.

     

    Critério de seleção

    A Ciclocidade tem se esforçado para ampliar seus quadros com mais paridade de gênero, raça e territorialidades, em busca de uma política afirmativa de diversidade e inclusão. Por isso, será dada preferência para empresas que possuam representantes que se autodeclaram como pessoas negras.

    A empresa candidata deve ter CNPJ ativo e ser capaz de emitir nota fiscal de acordo com o serviço prestado. O mesmo é válido para o caso de MEIs. Uma vez que o edital é dirigido a empresas que querem se desenvolver na área, a participação no edital pode ser feita por pessoas físicas desde que incluam, em anexo à documentação requerida para a primeira fase do edital, uma declaração de como se formalizarão como empresa em tempo hábil para a assinatura do contrato inicial.

    A empresa deve possuir acesso a equipamento próprio que permita o trabalho de forma remota, em especial, computador e boa conexão com a internet.

     

    Pagamento

    Contrato inicial de três primeiros meses de prestação de serviços, no valor bruto de R$ 1.800 por mês e expectativa de carga horária de 10 horas por semana. Após este período de avaliação conjunta entre Ciclocidade e empresa prestadora de serviços, espera-se estabelecer um contrato de período mais longo, com carga horária de 20 horas por semana e remuneração de R$ 3.600 (valor bruto) mensais.

    Os valores a serem pagos seguem a política de financiamento da associação, em que todas as pessoas são remuneradas de forma igual e de acordo com as horas dedicadas de trabalho. Por extensão, isso se dá também para empresas prestadoras de serviço.

     

    Como se candidatar

    Empresas interessadas em participar do processo de seleção devem enviar currículo e texto escrito até às 23h59 do dia 19 de setembro de 2021 (domingo) para o email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., com o assunto “Edital Assessoria de Comunicação”.

    Após o recebimento desta documentação, a Ciclocidade selecionará algumas candidaturas para entrevista com suas/seus representantes. A lista das selecionadas será divulgada no site da organização (https://www.ciclocidade.org.br/noticias) no dia 27 de setembro de 2021 (segunda-feira). As entrevistas ocorrerão na semana entre os dias 27 de setembro e 1º de outubro de 2021 e o resultado final será divulgado no dia 4 de outubro de 2021 (segunda-feira).

    Dúvidas sobre o edital podem ser esclarecidas via o email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e serão publicadas com a resposta na mesma página do edital de seleção.