A Bicicleta nas viagens cotidianas do município de São Paulo – Tese de Doutorado – Maria Ermelina Malatesta – 2013

A Bicicleta nas viagens cotidianas do município de São Paulo – Tese de Doutorado – Maria Ermelina Malatesta – 2013

A Bicicleta nas viagens cotidianas do município de São Paulo – Tese de Doutorado – Maria Ermelina Malatesta – 2013

RESUMO
O fenômeno do recente crescimento do uso da bicicleta no Município de São Paulo, cidade não propriamente amigável à sua utilização, merece uma reflexão cuidadosa, baseada na análise detalhada dos motivos que realmente induziram esta situação. É importante que a avaliação destes fatos não induza a crer que sejam seus únicos e principais motivos o atual momento de consciência sobre a necessidade de preservação do meio ambiente e a valorização de políticas que envolvam o conceito de independência de utilização de recursos naturais.

No caso paulistano, a bicicleta tem sido uma saída espontânea encontrada por um setor específico da população, como tentativa de contornar a crônica má qualidade presente na mobilidade cotidiana da cidade, decorrência direta da deficiência dos serviços de transporte público existentes. Pode-se afirmar que a constatação do aumento de uso da bicicleta em São Paulo tem sensibilizado o poder público e a sociedade, induzindo à realização de ações para seu estímulo e consolidação. Assim estão em alta como políticas públicas de transporte sustentando sua viabilidade, experiências consolidadas e bem sucedidas de muitas metrópoles no mundo, onde já se afirmou como uma boa opção de mobilidade.

Entretanto esta visão poderia se tornar equivocada e comprometer o atendimento ao que é realmente necessário para uma metrópole como São Paulo, se não for precedida ou acoplada à reestruturação de todo o sistema de transportes públicos paulistanos, de forma a promover o salto de qualidade e de eficiência exigidos. Neste processo o papel da mobilidade cicloviária é muito importante e poderá ser consolidado como elemento agregador desde que respeitadas e bem exploradas suas características.

Palavras- chave: Bicicleta; Infaestrutura Cicloviária; Transporte Não Motorizado; Políticas Públicas de Transporte Cicloviário; Planejamento Cicloviário; Legislação Cicloviária do Brasil e do Município de São Paulo.