Carta-compromisso com a Mobilidade Urbana Sustentável: Confira as novas assinaturas

 

As eleições são neste domingo (07). Saiba quais candidatos se comprometeram com a mobilidade ativa e sustentável até agora

Estamos às vésperas das eleições e votar consciente sobre o compromisso do seu candidato com a mobilidade é muito importante. Elaborada pela Rede Paulista de Entidades e Associações de Mobilidade Urbana com o objetivo de pautar o tema no debate das eleições, a Carta-compromisso com a Mobilidade Urbana Sustentável está sendo assinada por diferentes candidaturas.

 

Diretora Geral Jô Pereira com a candidata Leci Brandão

 

Ao longo das últimas semanas, a Ciclocidade esteve com as candidatas Juliana Cardoso (PT - 1333), concorrendo a Deputada Federal, e Leci Brandão (PCdoB - 65035), na disputa por uma cadeira na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Ambas assinaram a carta e falaram sobre a importância dos conteúdos levantados para a construção de cidades mais acessíveis.

 

Diretora Financeira Cyra Matal e cicloativista Dani Louzada com a candidata Juliana Cardoso

 

Além destas assinaturas, há muitas outras candidaturas que endossaram os compromissos com a mobilidade ativa e sustentável. No site oficial da campanha, há uma lista de adesões expondo os políticos que se comprometeram com a causa; são candidatos ao Governo do Estado, Senado Federal, Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo e Câmara dos deputados.

No site também há o espaço ‘Quero Aderir’, onde é possível baixar as cartas e obter algumas orientações para a assinatura. A plataforma online também disponibiliza modelos de email para envio da proposta aos candidatos.

São três modelos de Carta-compromisso, direcionadas às candidaturas ao Governo do Estado, ALESP e Congresso Nacional, e todas estão de acordo com a Política Nacional de Mobilidade Urbana e com a importância de se efetivamente priorizar e promover os modos ativos e coletivos públicos de deslocamento.

Sobre a Carta-compromisso com a Mobilidade Urbana Sustentável:

Os documentos são resultado de debate de políticas públicas por parte de organizações da sociedade civil que acompanham o tema. Eles reúnem propostas para melhorar as condições da mobilidade ativa e coletiva no Estado de São Paulo, em consonância com a Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei Federal 12.587/12). A carta está sendo enviada à maioria dos comitês de candidaturas ao governo do estado, oferecendo a possibilidade de apresentá-la presencialmente a suas equipes. As adesões estão divulgadas aqui até o final da campanha eleitoral.

A Rede Paulista de Entidades e Associações de Mobilidade Urbana é formada pelas seguintes organizações: Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo (Ciclocidade), Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô (AEAMESP), Associação pela Mobilidade a Pé em São Paulo (Cidadeapé), Coletivo Ciclistas de SJC, Coletivo de Ciclistas de Campinas (COCICAM), //medium.com/@commu">Coletivo Metropolitano de Mobilidade Urbana (COMMU), Instituto Aromeiazero, Instituto de Defesa do Consumidor (IDEC), Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP), BiciMogi e SampaPé!.

Se você é candidata ou candidato pelo estado de São Paulo e quiser saber como aderir à Carta-compromisso, confira as instruções na página Quero aderir. Se você é cidadã ou cidadão e quer estimular seus candidatos e candidatas e aderirem aos compromissos, consulte a base de e-mails das candidaturas e envie as cartas a eles!