Os 4 anos de "Acelera SP" e políticas anti-vida no trânsito

velocidades mailing

Reduzir velocidades salva vidas. Dito isso, a gente quer saber: por que há quatro anos a cidade de São Paulo não avança em medidas concretas de redução das velocidades, redesenho viário e aumento da fiscalização de trânsito?

O resultado disso é uma mudança na tendência de queda no número de mortos e feridos, que vinha acontecendo nos últimos anos e os números voltaram a subir assombrosamente, sobretudo para pedestres e ciclistas - mesmo na pandemia.

No final de 2016, a Ciclocidade moveu uma Ação Civil Pública contra a prefeitura de SP em função do aumento das velocidades nas Marginais Pinheiros e Tietê, a primeira medida adotada pela gestão Dória/Covas com o #AceleraSP.

De lá pra cá, depois de perder nas duas primeiras instâncias, seguimos para as instâncias superiores e com parecer da PGR favorável à nossa Ação e contrário ao programa de aumento de velocidade implantado pelo governo João Dória.

Ao lado do time que nos representa nessa ação,  DBML Advogados, vamos atualizar e debater com parceiros quais os caminhos possíveis para que ele seja barrado judicialmente. E, principalmente, construir precedentes nacionais sobre a correlação de políticas de aumento de velocidades com a violência no trânsito das cidades brasileiras.

Para falar sobre tudo isso, mesmo nesse momento extremamente doloroso, convidamos vocês para nossa Live desta quinta-feira, 12 de novembro. Estaremos transmitindo o papo pelo nosso canal no YouTube, a partir das 18h30: https://www.youtube.com/channel/UCY6vyvA7K2CTTJ7UMMGaUQA

Esperamos vocês!