1 ano de atividades, 12 horas de festa

 

No último sábado (27/11), cerca de 200 pessoas comemoraram no Espaço Contraponto o primeiro ano de existência da Ciclocidade, a Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo.

 

Durante mais de 12 horas de atividades, ciclistas novatos e experientes, amigos antigos e ilustres desconhecidos, curiosos, vizinhos e cidadãos interessados no trabalho da Associação celebraram o crescimento da cultura da bicicleta em São Paulo.

 

O calor não desanimou quem prestigiou as oficinas sobre ajuste postural (bike fit) e mecânica básica de bicicletas, ministradas respectivamente por Cleber Ricci Anderson e Felippe César.

 

O bicicletário “vaga viva” ficou lotado: no espaço antes destinado a 3 carros, dezenas de magrelas foram estacionadas. Na entrada, os ciclistas eram convidados a marcar em um mapa o seu trajeto até o Espaço Contraponto.

 

 

 

Pequenos consertos e ajustes eram realizados na oficina Mão na Roda, enquanto a exposição “Ciclocidade Ano 1” trouxe um panorama geral das ações desenvolvidas pela Associação em 2010, estimulando a continuidade dos projetos e germinando novas idéias para 2011.

 

Arte Mobilidade, feira de trocas e leilão

Muitas pessoas saíram da festa com roupas e acessórios novos: o projeto ArteMobilidade “repaginou” peças antigas e ofereceu camisetas estampadas com mensagens e imagens em defesa mobilidade urbana.

 

Na sequência, uma feira de trocas e um leilão de artigos semi-novos possibilitaram a reutilização de roupas, peças e acessórios que estavam encostados na casa de seus antigos donos, ajudando também a levantar fundos para a Associação.

 

Ciclocine e a história do movimento internacional de ciclistas

No começo da noite, a sessão tripla do Ciclocine exibiu os vídeos “Massa Crítica” (Helena Krausz), sobre a bicicletada de São Paulo; “Véu de Fumaça” (de Anna Gadelha), sobre a (i)mobilidade urbana nas grandes cidades e “We are traffic” (de Ted White), sobre as origens do critical mass em São Francisco.

 

A balada com música e diversão fechou com chave de ouro a comemoração. O sentimento de união e alegria no final da noite deu um novo gás para continuarmos seguindo em direção a uma São Paulo mais humana e justa, que receba cada vez melhor quem escolhe a bicicleta para seus deslocamentos urbanos.

 

A Ciclocidade agradece o apoio e a participação de tod@s!

 

 

Vídeos:

Transmissões realizadas ao vivo durante a festa

Fotos:

álbum Ciclocidade

Ciclocidade no Flickr (fotos de Pedro Botton)

Elaine Lippi

Juliana Diehl

Jéssica Martineli (facebook)

Ricardo Bruns (facebook)

Relatos:

Motivos para comemorar - Pedalinas

Linha do Tempo:

Retrospectiva 2010