Ciclofaixa liga Paulista e Ibirapuera no domingo

 

Novo trecho de 19 km (ida e volta) vai unir a rota da zona sul à do centro de SP

 

 

RODRIGO BURGARELLI - O Estado de S.Paulo

A partir de domingo, a cidade vai ganhar um novo trecho de Ciclofaixa de Lazer. Com 19 km ida e volta - ou 9,5 km em cada sentido -, o novo ramal vai interligar o circuito Sul/Oeste (que passa pelos Parques do Ibirapuera, do Povo, Villa-Lobos e do Chuvisco) ao Paulista/Centro. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) divulgou ontem o mapa do trajeto.

 

Agora, será possível pedalar por avenidas como a Brigadeiro Faria Lima e os parques onde a ciclofaixa começou a funcionar e seguir até os pontos turísticos do centro, como o Teatro Municipal e a Estação da Luz, sem sair da via exclusiva para os ciclistas. Assim como as outras, ela vai funcionar todos os domingos e feriados, das 7h às 16h.

 

O novo trecho passará pela Rua Vergueiro e pelas Avenidas Domingos de Morais, Jabaquara e Indianópolis, na zona sul. Na Indianópolis haverá a conexão ao circuito Sul/Oeste da Ciclofaixa de Lazer, próximo do Parque das Bicicletas - atualmente, ele está quase todo ocupado por um canteiro de obras do Metrô, que está construindo ali a continuação da Linha 5-Lilás. O circuito Paulista/Centro terá sua conexão com a nova ciclofaixa na Rua Vergueiro.

 

Metrô. Segundo a CET, a nova ligação será importante pois vai facilitar a entrada e saída de passageiros do metrô aos domingos, quando o trânsito de bicicleta é liberado em todos os horários. No trajeto, estão situadas as Estações Paraíso, Ana Rosa, Vila Mariana, Santa Cruz, Praça da Árvore, Saúde e São Judas, todas da Linha 1-Azul.

 

Entre os pontos de interesse listados pela companhia no entorno estão o Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo, o Shopping Santa Cruz, a Paróquia São Judas Tadeu e o Esporte Clube Sírio.

 

Toda a extensão do trecho a ser inaugurado será junto ao canteiro central das ruas e avenidas. Uma das faixas para carros será reservada apenas para o tráfego de bicicletas e separada das outras por cones. Agentes vão monitorar o trecho. Por causa disso, três trechos da Avenida Indianópolis serão bloqueados ao trânsito: nas Alamedas dos Ubiatans, dos Guaramomis e dos Jurupis.

 

Nenhuma linha de ônibus terá de ser remanejada por causa da nova ciclofaixa. Dez semáforos estão sendo instalados pela CET e estarão prontos até o fim de semana. Oito deles são direcionados aos ciclistas e dois, aos veículos que cruzam o trajeto.

 

Rede. A Prefeitura afirma que, após a inauguração desse novo ramal da Ciclofaixa de Lazer, a malha cicloviária da cidade chega a 230,2 km. Desse total, 108,5 km são de Ciclofaixas de Lazer, que só funcionam aos domingos e feriados, e o restante de ciclorrotas, ciclovias e ciclofaixa definitiva, aberta aos ciclistas todos os dias.

 

Números. Grupos de ciclistas, porém, contestam esses números e dizem que a Prefeitura computa o dobro do tamanho das estruturas, já que no cálculo oficial entram os quilômetros de ida e de volta, somados.

 

A Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo (Ciclocidade), por exemplo, afirma que a cidade tem apenas 47,6 km de estruturas cicloviárias exclusivas, como as ciclovias e ciclofaixas permanentes - as únicas que estão previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Outros 54,5 km dizem respeito ao trânsito compartilhado com sinalização (as ciclorrotas).

 

 

FONTE