Relatório de Contagem de Ciclistas - Ponte da Freguesia do Ó - 2016

Imperador2016 Capa

Ponte da Freguesia do Ó
Quinta-feira, 8 de dezembro de 2016
Das 6h às 20h

Clique para baixar o Relatório de Contagem em PDF.
Clique para baixar a Planilha com os Dados Brutos em XLSX.

 

INTRODUÇÃO

Com o resultado das eleições municipais de 2016, a gestão que assumiria a Prefeitura Municipal anunciou que aumentaria as velocidades máximas das marginais Tietê e Pinheiros, fruto de uma promessa de campanha. As vias locais das marginais, onde bicicletas podem (permitidas pelo Código de Trânsito Brasileiro), devem e de fato trafegam, teriam suas velocidades aumentadas de 50km/h para 60km/h - exceto na pista da direita, faixa na qual ciclistas dividem o espaço com ônibus sem o devido cuidado por parte dos motoristas.

Com o objetivo de levantar dados sobre o número de ciclistas e pedestres afetados pela mudança da política de velocidades, a Ciclocidade, em parceria com a Cidadeapé e coletivos regionais de ciclistas, realizou duas contagens relacionadas às marginais: uma na Ponte da Freguesia do Ó, sobre a Marginal Tietê, e outra na pista local da Marginal Pinheiros. Este relatório se foca nos resultados da primeira contagem.

PonteFreguesia2016 Introducao2

Como é sabido, as pontes de São Paulo, em especial as sobre as marginais, formam verdadeiros muros que inibem que ciclistas da periferia ganhem acesso à região central e vice versa. Embora as alças de acesso de motoristas que saem da Marginal Tietê tenham lombofaixas para a redução de velocidade, ainda assim testemunhamos inúmeras ocasiões em que ciclistas tinham de abrir espaço entre os automóveis, mesmo sobre a lombofaixa. Assim como registramos um alto número (36%) de ciclistas que fizeram uso das calçadas de forma a obter mais proteção, seja para cruzar a ponte de um lado a outro, seja para acessar a Marginal por algum de seus lados.

Junto com o Largo do Socorro, o ponto de contagem escolhido para a Ponte da Freguesia do Ó é um dos mais difíceis. Escolhemos ficar em cima da ponte, logo à frente do final da ciclovia da Av. Inajar de Souza, onde já havíamos realizado outras três contagens em anos anteriores.

Como se vê na imagem acima, era preciso usar uma escada para poder avistar os muitos ciclistas que usavam a alça de acesso à marginal do lado oposto ao ponto de contagem para conseguirem chegar à calçada que os permitiria chegar ao outro lado da ponte. O trajeto, repetido inúmeras vezes ao longo do dia, pode ser visto na imagem abaixo.

PonteFreguesia2016 Mapa3

É devido principalmente a este deslocamento que o alto número de ciclistas na contramão aparece como resultado da contagem: são pessoas usando um pedaço da quadra na Rua Rosas de Ouro para evitar o caminho existente no canteiro ajardinado, que fica ao lado de um ponto de ônibus (o ponto de ônibus do lado direito da avenida não aparece demarcado no mapa).

Faz-se necessário registrar que ao lado esquerdo do mapa há um conjunto habitacional, ponto de saída ou chegada de ciclistas que usavam ou a Rua Miguel Casagrande ou a própria Marginal Tietê (pela calçada, ou mesmo pela contramão) para se locomoverem.

 

Contagem de pedestres

Já a contagem de pedestres, realizada pela Cidadeapé, focou-se em dois pontos: em cima da ponte (ao lado do ponto de contagem de ciclistas) e no ponto de ônibus da Rua Miguel Casagrande, em plena alça de acesso da Marginal Tietê (imagem abaixo).

PonteFreguesia2016 Introducao1

A contagem de pedestres registrou 435 pedestres no turno da manhã, das 6h e às 11h, e outros 233 pedestres no turno da noite, das 18h às 20h.

 

Sobre o método

O método utilizado para a contagem foi desenvolvido pela Associação Transporte Ativo, do Rio de Janeiro (www.transporteativo.org.br). Trata-se de uma planilha com um desenho esquemático do ponto de contagem, com espaços a serem preenchidos com a origem e o destino do ciclista, além de informações complementares, como acessórios, faixa etária, gênero, tipo de bicicleta etc.

 

LOCAL DA CONTAGEM
 
Ponte da Freguesiado Ó, sobre a Marginal Tietê

PonteFreguesia2016 Mapa1

PonteFreguesia2016 Mapa2

 

RESULTADOS

NÚMERO TOTAL DE CICLISTAS: 643
Média de ciclistas por hora: 45,93
Média de ciclistas por minuto: 0,77
Número de ciclistas que passaram pelo cruzamento no período de 14 horas

 

PonteFreguesia2016 FluxoCiclistasPorHora

Horários mais intensos de fluxo de ciclistas:
Período da manhã: de 7h às 8h, totalizando 83 ciclistas    
Período da noite: de 18h às 19h, totalizando 89 ciclistas

 

PonteFreguesia2016 FluxoCiclistasPorTurno

PonteFreguesia2016 ModoDeDeslocamento Foto7

 

GRÁFICOS - ORIGENS E DESTINOS

PonteFreguesia2016 FolhaContagemResultado

Ilustração com o total de origens e destinos dos ciclistas.

 

PonteFreguesia2016 OrigemDestino Combinados

 

GRÁFICOS - GÊNERO E FAIXA ETÁRIA

PonteFreguesia2016 Genero GraficosCombinados

A exemplo das outras três contagens realizadas em dois outros pontos da Av. Inajar de Souza nos anos de 2013 a 2015, a proporção de mulheres presentes no levantamento da Ponte da Freguesia do Ó fica na faixa dos 2%. Este é um patamar comum em zonas mais periféricas e/ou em regiões onde há pouca ou nenhuma proteção para quem usa a bicicleta para se locomover.

PonteFreguesia2016 Genero Foto

 

PonteFreguesia2016 FaixaEtaria GraficosCombinados

Já a proporção de adolescentes, que havia ficado na faixa entre 5% e 8% nas contagens em pontos mais acima da Av. Inajar de Souza, cai de forma expressiva quando o ponto fica próximo à ponte: o percentual registrado ficou em 2%.

PonteFreguesia2016 FaixaEtaria Foto3

 

GRÁFICOS - TIPOS DE BICICLETA

PonteFreguesia2016 TiposDeBicicleta1 GraficosCombinados

PonteFreguesia2016 TiposDeBicicleta2 GraficosCombinados

Com relação aos tipo de bicicletas, vemos que há poucas bicicletas de serviço passando pelo ponto de contagem, sendo a totalidade delas presente entre às 10h e 16h. Quase não há bicicletas elétricas ou skates neste ponto, onde o sistema de bicicletas compartilhadas também não chega.

 

PonteFreguesia2016 TiposDeBicicleta3 GraficosCombinados

PonteFreguesia2016 TiposDeBicicleta4 GraficosCombinados

 

GRÁFICOS - MODO DE DESLOCAMENTO

PonteFreguesia2016 ModoDeDeslocamento2 GraficosCombinados

A alta proporção de ciclistas na contramão é explicada na Introdução deste relatório - são pessoas que usam um trecho da Rua Rosas de Ouro para evitar passar por uma área com alta presença de pedestres devido a um ponto de ônibus. Há, exceções, como no caso da imagem abaixo.

PonteFreguesia2016 ModoDeDeslocamento Foto3

 

PonteFreguesia2016 ModoDeDeslocamento3 GraficosCombinados

A vasta maioria de ciclistas que usam a calçada está sobre a ponte, buscando cruzá-la. Mas há, como registrado na Introdução deste relatório, ciclistas que vêm do conjunto habitacional situado um pouco à frente, na Marginal Tietê, e trafegam pela calçada na própria marginal para chegarem a seus destinos.

PonteFreguesia2016 ModoDeDeslocamento Foto1

 

PonteFreguesia2016 ModoDeDeslocamento Foto2

PonteFreguesia2016 ModoDeDeslocamento Foto5

 

 

GRÁFICOS - DADOS COMPLEMENTARES

PonteFreguesia2016 InformacoesComplementares1 GraficosCombinados

PonteFreguesia2016 ModoDeDeslocamento Foto6

 

PonteFreguesia2016 InformacoesComplementares2 GraficosCombinados

 

PonteFreguesia2016 InformacoesComplementares3 GraficosCombinados

PonteFreguesia2016 FaixaEtaria Foto

 

PonteFreguesia2016 InformacoesComplementares4 GraficosCombinados

PonteFreguesia2016 FaixaEtaria Foto2

 

 

 

 

Realização
CICLOCIDADE - Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo
www.ciclocidade.org.br
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
com o apoio de
Cidadeapé e Instituto CicloBr
 
 
Coordenadora geral: Tais Balieiro
Coordenador local: Giulia Grillo
 
Colaboradores voluntários:
Adriana Marmo
Daniel Guth
Edgard Calheida
Everson Reis
Fabio Miyata
Flavio Soares
Giulia Grillo
Hamilton Takeda
Kaciane Martins
Melina Rombach
Mity Hori
Patricio Elias
Pedro Borelli
Rene Fernandes
Sergio Reis
Susssa
 
Esta contagem foi feita de acordo com metodologia desenvolvida pela
Associação Transporte Ativo
www.ta.org.br
 Logo TransporteAtivo

 

PonteFreguesia2016 Equipe4

PonteFreguesia2016 Equipe2

PonteFreguesia2016 Equipe1

PonteFreguesia2016 Equipe3

PonteFreguesia2016 Introducao3